Home / Coaching / Dica de Livro: “Tornar-se Pessoa” de Carls Rogers

Dica de Livro: “Tornar-se Pessoa” de Carls Rogers

tornarsepessoa (1)

Sobre Carls Rogers

Carls Rogers (1902-1987), foi o primeiro psicólogo a gravar, com as devidas autorizações sessões terapêuticas, possibilitando uma análise objetiva, em diferentes perspectivas, de um processo genuinamente subjetivo. É considerado o precursor da Psicologia Humanista, “centrada na pessoa”, e deixa em seu livro “Tornar-se Pessoa” um legado de conhecimento baseado em vivências e impressões de sua experiência como psicoterapeuta.

Sobre o Livro

A linha fundamental de construção do livro, é a de que as pessoas tem genuinamente uma orientação positiva. Essa orientação positiva não deve ser confundida com um otimismo exacerbado ou ingênuo, e despertando a comunidade científica afirmando, que o ser humano tem dentro de si forças internas, poder pessoal para encontrar as próprias respostas para suas aflições e problemas.

O processo terapêutico viria assim, como um caminho à libertação do das forças internas do ser humano (self), devolvendo-lhe este poder e fazendo-o através de suas próprias reflexões enfrentar-se a si, ao outro, e ao mundo. O paciente começa a compreender que não mais precisa temer a experiência, e sim que pode acolher as vivências proporcionadas pelas experiências, que serão parte do seu processo de transformação e irão convergir a uma atitude de respeito e crescimento.

Assista á Palestras, Aulas e Entrevistas GRATUITAMENTE. Cadastre Seu e-mail e Receba Acesso á Área Vip Segredos de Liderança!

Close this popup

Processo Humanista

O processo humanista representa uma abertura e desenvolvimentos também para os psicoterapeutas, que deverão desenvolver competências de maior empatia para com o paciente, tais quais: ser sincero e lógico consigo mesmo; a aceitação e consideração que o seu paciente é realmente uma pessoa de valor, independente dos valores, escolhas, e crenças individuais; uma compreensão da totalidade, e uma empatia maior a respeito do mundo e fluxo de sentimentos que fazem o paciente agir e reagir aos contextos vivenciados.

2014.05.14_Dica de Livro Tornar-se Pessoa” de Carls Rogers_2

Diante deste contexto e abordagem, Carls Rogers acredita que o paciente tornar-se mais realista nas percepções internas e mais profundas; mais confiante nas suas conclusões e orientado para encontrar as suas próprias respostas; mais amadurecido socialmente, pois é capaz de encarar a experiência como uma aprendizagem sobre si e sobre o mundo; capaz de programar mudanças em seu comportamento que gerem benefícios para suas experiências; mais positivo na apreciação de si mesmo; menos perturbado pelos choques e traumas vivenciados e receptivos a restabelecer-se deles; mais integrado e funcionando e se relacionando melhor na estrutura de sua própria personalidade.

Sobre o Processo Terapêutico

A etapa final deste processo terapêutico é o paciente ‘tornar-se pessoa’. O significado disso é o paciente se sentir integrado, no fluxo e em todos os aspectos de sua personalidade. Agora ele vive e conhece e reconhece com profundidade os seus sentimentos, aceitando-os. A confiança agora, constrói sua vivência e experiência, respeitando e aceitando o fluxo de mudanças que envolvem a vida. Sente liberdade para mudar a perspectiva, com que analisa sua realidade, e sente-se agente de mudança, além de ser mutante a cada nova experiência vivida e adquirida. Assim sendo, vive, aceita-se e confia em si mesmo, como uma pessoa em eterna mudança.

O Coaching não é um processo terapêutico. A metodologia conduz o cliente (coachee) à novas perspectivas de todos seus recursos internos e externos, despertando assim todo o seu potencial. Sem dúvida, ‘Tornar-se pessoa’ é leitura indicada para profissionais e adeptos desta arte!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário e Leia Também ‘Um novo mundo’ de Eckhart Tolle!

Assista á Palestras, Aulas e Entrevistas GRATUITAMENTE. Cadastre Seu e-mail e Receba Acesso á Área Vip Segredos de Liderança!

Close this popup

Forte Abraço

Caroline Fioravante

 

 

Sobre Caroline Fioravante

Caroline Fioravante é Coach certificada em Wake up Coaching, Coach Professional, e Trainer pela ISPC – Lisboa – Portugal. Co-Autora do livro “Estratégias para Pequenas e Médias Empresas”, pela Editora Ser Mais. Formada em Direito pela UFRN, com MBA em Gestão Estratégica de Negócios, além de cursos de Gerenciamento de Projetos, Técnicas de Melhoria de Processos pela FGV, Programa de Supervisão de Lojas – Grupo Freedman e Eneagrama. Atua como Consultora, Coach, Mentoring, além de realizar palestras e treinamentos sobre os mais diversos assuntos relacionados à liderança, planejamento estratégico, gestões de equipes eficazes, vendas e coaching.

Leia Também

Dica de Livro: O Poder do Hábito (Parte 2 de 3)

Eu gostaria muito que você tenha se convencido a iniciar a leitura deste livro: O …

Comente com o Face :)

  • Maria de Fátima

    Talvez seja o que está faltando para que as pessoas tomem posse do seu papel na sociedade. Uma auto educação, independente de classe, cor ou religião.

    • carolinefioravante

      Maria, obrigada pela partilha! Acredito que por isso o Coaching esteja crescendo tanto, pois traz a valorização do ser humano, “independente de classe, cor ou religião! Um abraço!